02/03/2008

Por CPI's úteis ao país!

Na última quinta-feira (28), representantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Sistema Carcerário, estiveram em Teresina, Piauí, para conhecer a Casa de Custódia. A CPI é destinada a investigar a realidade do Sistema Carcerário brasileiro, com destaque para a superlotação dos presídios, custos sociais e econômicos desses estabelecimentos, a permanência de encarcerados que já cumpriram pena, a violência dentro das instituições do sistema carcerário, a corrupção, o crime organizado e suas ramificações nos presídios e buscar soluções para o efetivo cumprimento da Lei de Execuções Penais.

"Durante a visita ao pavilhão B do presídio, os detentos fizeram queixas ao sistema penitenciário. Vários deles expuseram as condições às quais estavam submetidos. Não faltaram reclamações quanto à comida do presídio e com relação à situação jurídica de alguns. Um presidiário chegou a afirmar que já teria encontrado barata em uma refeição e que a carne geralmente é mal cozida e vem com ‘salmora’.

Muitos afirmaram que estão há muito tempo na Casa de Custódia, e ainda não foram julgados ou sentenciados. Daniel Targino, natural do Ceará, aproveitou o ensejo e pediu que fosse resolvida a sua situação de transferência já que ele desejava cumprir pena no estado de origem.

Enquanto isso outros detentos aproveitavam a presença da imprensa no local e exibiam cartazes com frases de pedido de justiça, outros convertidos a fé, pediam justiça a lei divina".**

**Fonte: Aline Medeiros e Magnus Regis (TV Canal 13)


BEM FEITO PRA ESSES PRESOS!!!

QUEM COMETE CRIME, MERECE MAIS É ESTAR NA CADEIA!

O único ponto que defendo nesta CPI é o que investiga casos de corrupção, que deve existir com freqüência entre presos e policiais dentro dos presídios. Outra coisa que espero é que essa CPI ajude na questão do reforço da segurança, para que os presos não fujam!

Agora, defender esses criminosos é demais, não é? Quem comete um crime, sabe o que espera. Sabe que quando chega na cadeia está sujeito a muita coisa... Na hora que esses bandidos vão matar um pai de família, assaltar um trabalhador, humilhar alguém, eles não são nada bonzinhos... Pra quê ficar com pena deles então?

Prefiro que os nossos queridos deputados se dediquem mais às causas de quem passa fome, de quem não tem onde morar, de quem passa sede, de quem é escravizado. Quanta gente sofre e nós nem nos damos conta... Pessoas honestas, humildes... essas merecem atenção.

É por isso que defendo integralmente a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Subnutrição de Crianças Indígenas. Essa sim merece ser destaque. Outras deveriam surgir a partir do exemplo.

Cenas como essa é que me comovem

Não costumo ser tão radical, mas é porque me revolto com a crescente violência e impunidade atual. Esses criminosos aprontam de tudo, passam um tempo na cadeiam, mas depois são soltos. Isso é muito triste.

Um comentário:

Aline Medeiros disse...

A CPI é válida, mas ela não deve ser tomada a cabo, não deve exigir coisas que não sejam concernentes a realidade. Pedir que os presos tenham acesso condições dignas para cumprir suas penas, é procedente, mas exigir que estes mesmos presos sejam tratados tal como se estivessem em um hotel, isso já é demais. Quando se comete um crime, seja ele qual for, o delinquente deve ter em mente que existe punição para o crime, e que essa punição é a cadeia. A partir do momento que essa punição não mais existir, os criminosos não irão mais temer e cometerão mais infrações.