26/08/2012

Santiago de Compostela e o misticismo na região da Galícia (Espanha)



Na última semana tive a chance de visitar mais uma vez a cidade de Santiago de Compostela, capital da Galícia, uma região autônoma da Espanha, e que é local para onde peregrinos do mundo inteiro se dirigem, até chegar ao túmulo de Santiago, um dos apóstolos de Jesus Cristo. No centro histórico da cidade está a catedral, uma construção de fachada em estilo barroco, onde se encontram aqueles que seriam os restos mortais do santo.

Segundo uma lenda contada há vários séculos, após a crucificação de Jesus, o apóstolo Tiago pregou o evangelho na Galícia e, de regresso a Jerusalém, foi decapitado pelo Rei Herodes. Seus restos mortais, ainda de acordo com a lenda, foram levados de volta à Espanha em um barco de pedra, transportado por anjos. Ele teria sido enterrado na região da Galícia. Um camponês da região, então, guiado por estrelas, encontrou em um grande campo a sepultura do apóstolo.

Na cidade, nenhuma construção pode ser mais alta que as torres da igreja principal, a fim de que ela possa ser vista de qualquer ponto da região.


Mas não é apenas a “história” sobre a descoberta dos restos mortais de Santiago que toma conta do imaginário da população da Galícia. Apesar da herança romana e a forte religiosidade cristã, há muitos resquícios pagãos, provenientes dos povos celtas que habitaram o local. Ao andar pelas ruas estreitas de Santiago, por exemplo, vemos várias figuras de bruxas, com suas vassouras, além de diversos outros símbolos místicos.

Uma bebida típica da região, da época dos celtas, é a Queimada, que mistura aguardente, fogo, açúcar e cascas de frutas durante o seu preparo. Segundo a lenda, ela protege quem a bebe contra feitiços, espíritos e seres do mal. Seja verdade ou não, decidi tomar também =D

Eu e uma bruxinha galega


Visão da catedral, a partir de um jardim 
próximo ao centro histórico de Santiago




Peregrinos do mundo inteiro seguem até Santiago

Para quem tem curiosidade e quer ler mais sobre o assunto, pode dar uma passada aqui ou aqui. E, no vídeo abaixo, um exemplo do estilo musical comum na região. 

Nenhum comentário: